logo_sdeie

SECRETARIADO DIOCESANOlogo emrc
DO ENSINO DA IGREJA NA ESCOLA
 Diocese do Porto
Rua Arcediago Van Zeller, 50
4050 – 621 PORTO

 sdeieporto@hotmail.com
www.emrcporto.com

 

Reverendo Pároco:

Com as férias do Verão à porta, as comunidades paroquiais revêem alguns dos caminhos percorridos, num Ano de Missão, e começam já a delinear objectivos e iniciativas, para o novo ano pastoral.

Cabe a este Secretariado propor alguma Acção de referência para o mês de Setembro e lançar algumas ideias e propostas, que cada Paróquia ou Vigararia concretizarão, segundo a sua criatividade e circunstância, em diálogo com as comunidades escolares.

 

Sendo Setembro o mês marcado pelo regresso à Escola, seria importante que as comunidades paroquiais dessem algum sinal de interesse pela Missão da Escola e pela Escola como lugar de Missão.

Temos vindo a sensibilizar e a urgir dos nossos professores de EMRC uma aproximação pessoal aos párocos e uma articulação pastoral entre a presença da Igreja nas Escolas e a realidade concreta das paróquias, onde estas estão inseridas. Devem os professores de EMRC procurar-vos, para convosco dialogar e programar alguma acção concreta.

A nível de cada Escola, desenvolver-se-ão algumas iniciativas, para as quais os professores de EMRC foram já sensibilizados e mobilizados, dando-lhes este Secretariado apoio logístico. E será a Escola (mais do que a «Igreja») o lugar privilegiado das várias concretizações deste mês da Missão 2010.

Mas, a nível das comunidades paroquiais, ou da vigararia, poderão e deverão realizar-se algumas iniciativas, pelas quais se perceba o interesse e interacção das várias comunidades educativas (paroquiais e escolares).

Os professores de EMRC, em diálogo com os párocos, poderão encontrar algumas formas ou sinais, que julguem apropriados, no sentido de valorizar a missão educativa da Escola.

Aos nossos Professores já lembramos algumas iniciativas, que podereis levar a cabo e adaptar, de acordo com as circunstâncias locais. Eis apenas algumas sugestões:

1. A preparação de uma “Recepção aos professores” em exercício na área da (s) paróquias(s), com alguns momentos:

2. Convite à Direcção da(s) Escola(s), da área da(s) paróquia(s), aos professores, aos representantes da associação de pais e de alunos, para um “Rito de Envio”, a realizar numa das celebrações dominicais.

3. Durante o mês de Setembro, ter presente, nas celebrações feriais e dominicais da Eucaristia, a prece pelo êxito do novo ano escolar. Por que não chamar os diversos agentes educativos (alunos, pais, professores, directores) a dar voz a essa prece?

4. Possibilidade de criação de uma bolsa escolar, a atribuir a um aluno, com especiais dificuldades, como sinal de solidariedade da comunidade paroquial.

(…)

Estas e outras coisas, poderão acontecer, se houver um esforço acrescido de inovação e renovação das nossas práticas pastorais, de modo a fazer sentir a todos os que vivem a Missão na Escola e a Escola como Missão, que verdadeiramente «as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens de hoje, são também as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos discípulos de Cristo» (GS 1).


Reverendo Pároco:

Não queremos sobrecarregá-lo mais! Ficam apenas algumas pistas, para o próximo mês de Setembro, a fim de organizar uma verdadeira «rentrée» escolar e pastoral, em que todos possam entrar e encontrar na Escola e na Igreja o seu próprio lugar!

Gratos pela sua atenção, com votos de boas férias. Sejam estes, «dias maiores, para uma caridade mais plena»! (Dom Manuel Clemente).

 

Atenciosamente,entra

Pelo SDEIE,

António Madureira

Porto, 16 de Julho de 2010