O «lugar da EMRC na estratégia nacional da Cidadania»

«A Universidade Católica Portuguesa (UCP), através da Faculdade de Teologia, inicia sábado, dia 16 de maio,

uma formação online para os docentes do grupo 290 (Educação Moral e Religiosa Católica)

se quer aprofundar «O lugar da EMRC na Estratégia de Educação para a Cidadania da Escola». 

 

A disciplina de EMRC, presente no currículo dos alunos em todos os ciclos de ensino e no ensino secundário,

pretende desenvolver aprendizagens com conteúdos relacionados com os domínios

da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania.

Para Luís Gonçalves, docente de EMRC que integrou o grupo de trabalho que propõs (EC) a Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania,

é vital "desmistificar " a Estratégia da Educação para a Cidadania" da própria disciplina de Cidadania e Desenvolvimento". 

"Na Estratégia da Escola para esta àrea da cidadania todas as disciplinas devem ser chamadas a participar.

A EMRC está presente na escola e as suas Aprendizagens Essenciais

contém muitos pontos de contacto com os domínios da Estratégia de EC".

Para o também formador da UCP a formação surge "não tanto para apresentar conteúdos"

mas para os "trabalhar de forma articulada e de modo interdisciplinar,

contribuindo para o sucesso da Estratégia".

 

Sendo as duas áreas coincidentes em vários conteúdos,

e tendo a Cidadania de ser promovida numa “lógica de whole-school approach”

torna-se importante “dotar os professores/as do grupo disciplinar 290

para o trabalho em metodologia de projeto, em articulação interdisciplinar”.

 

Tal como noutras iniciativas anteriores, e recordamos a Educação Cívica

ou o Estudo Acompanhado e a própria Área de Projeto,

Luís Gonçalves acredita que o docente de EMRC reúne competências,

a vários níveis, que o tornam um agente vital na aplicação da estratégia".

 

"Sozinhos vamos mais rápidos, juntos vamos mais longe.

E a EMRC pode ajudar a alargar esta EC a mais alunos

promovendo dinâmicas de congregação de vontades e àreas do saber".

 

As sessões síncronas decorrem a 16,19,23 e 30 de maio

e terminam com a realização de um produto final que mobilize as competências adquiridas.

Para os docentes de EMRC pertencentes ao agrupamento 290 esta ação de formação é apoiada

pelos Secretariados Diocesanos de Educação Cristã das dioceses de Porto, Vila Real e Aveiro,

e pela Fundação Secretariado Nacional de Educação Cristã.»

 

 

Notícia Educris (11.05.2020)

Para mais informações e inscrições, clique aqui.

 

 

nick

Positive vibes EMRCPORTO 31 03 2020